Maestro

maestro.jpg

Maestro Manuel Costa

Nascido em 1974, foi durante 10 anos membro da Sociedade Filarmónica de Crestuma onde iniciou em 1986 a aprendizagem de Formação Musical e Tuba sob a orientação do Prof. Rufino Moura passando depois a executante da banda e posteriormente professor na escola de música da mesma.

Aos 18 anos ingressou na Banda da Região Militar do Norte, tendo sido ainda elemento efetivo na Banda Musical da Trofa e na Banda de Revelhe de Fafe.

Em 1994 entra para o Conservatório de Música do Porto, atuando como Tuba na Orquestra de Sopros e como convidado no Grupo de Metais da Lapa.

Em 1996 fundou, com o trompetista Ricardo Alves, o Grupo de Metais Invicta, vindo assim colmatar uma grande lacuna nesta classe no Conservatório do Porto.

Ao longo dos anos, como tuba, teve várias atuações de relevo, tanto a nível nacional como internacional, tendo trabalhado com maestros de várias nacionalidades.

Na vertente de ensino, orientou um Materclass de tuba na Associação Cultural e Musical de Avintes tendo também exercido nesta associação a função de professor da classe de tuba e bombardino e ainda a direção artística do Grupo de Metais e de uma Orquestra de Câmara ambos criados por ele nesta associação para além de ter sido elemento efetivo durante 6 anos onde foi responsável pelo naipe de tuba sob a batuta do prof. Lino Pinto.

Desde 2017 é elemento efetivo e professor da classe de tuba da Banda de Vila Boa de Quires (Marco de Canaveses) onde também dirigiu um grupo de metais no Natal de 2018.